Baixa imunidade pode ser uma das maiores causas de gripe

0
31

Especialista fala sobre fatores que podem contribuir com a baixa proteção do corpo humano

Quem nunca pegou uma gripe forte e precisou de muito repouso e medicamentos para se curar? E quem nunca achou que pegou uma gripe porque estava com a imunidade baixa? Mas o que é a imunidade?

A imunidade é a proteção do corpo contra enfermidades e doenças, mais especificamente, as infecções. Algumas pessoas têm uma proteção, mas que não é o suficiente para criar anticorpos que defendam sua saúde de doenças como gripes e infecções de garganta, por exemplo. De acordo com o nutrólogo Maximo Asinelli, vários fatores podem fazer com que a imunidade do corpo seja baixa. ‘‘Variações hormonais, como a menstruação ou uma gravidez, hábitos alimentares não saudáveis e não fazer atividades físicas, podem ser alguns desses fatores’’, afirma o especialista.

Para tratar esse tipo de sintoma e aumentar a imunidade do corpo, existem vários medicamentos que podem auxiliar na melhora de uma pessoa, mas, na contramão disso, esses medicamentos podem ser prejudiciais à saúde, em outro aspecto, por conter em sua fórmula substâncias não habituais ao corpo humano. Para diminuir os efeitos colaterais, especialistas como Maximo Asinelli indicam o Soro da Imunidade. ‘‘Esse soro é menos agressivo ao corpo humano’’, diz o médico. Para ele, o soro é indicado em vários casos. ‘‘Pessoas que sempre ficam doente, estão com a imunidade sempre baixa e têm dificuldade na reparação dos tecidos da pele, por exemplo, podem tomar esse soro, claro que, se indicado por um médico responsável’’, afirma.

O soro da imunidade é aplicado na veia a cada 15 dias e, segundo o nutrólogo, o tratamento pode variar de 4 a 8 aplicações.

Compartilhar
Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.