Saiba como se prevenir dos efeitos prejudiciais do inverno à saúde dos olhos

0
18

A estação mais fria do ano se aproxima e, com ela, algumas alterações no organismo também podem ocorrer. Além dos problemas respiratórios, no inverno também é preciso estar atento à saúde dos olhos, que ficam mais suscetíveis às doenças oftalmológicas. Para entender como os olhos são afetadas pela mudança do clima, a oftalmologista Dra. Márcia Tartarella, diretora da Sociedade de Oftalmologia Pediátrica da América Latina, esclarece as principais dúvidas sobre o tema e dá dicas para se prevenir das doenças oculares comuns da estação.

A chance de proliferação de doenças e alergias oculares é maior no inverno

“Nos dias frios, as pessoas tendem a ficar por mais tempo em ambientes fechados, como cinemas e shoppings. Esse comportamento aumenta, especialmente, as chances do contágio de conjuntivite e alergias, devido à grande proliferação de micro-organismos que transmitem essas doenças oculares”. Por isso, a especialista recomenda que as pessoas fiquem atentas a qualquer manifestação ocular anormal, como olhos avermelhados, ardor ou secreção, e procurem imediatamente um médico oftalmologista para que identifique o problema e indique o tratamento adequado.

A Síndrome do Olho Seco também é comum

O clima mais seco do inverno acarreta em outro problema comum em épocas muito frias, a Síndrome do Olho Seco, que costuma atingir, principalmente, quem trabalha em ambientes fechados com grande concentração de pessoas. Isso acontece porque os olhos tendem a ficar mais ressecados em locais com pouca circulação de ar, com aquecedores de ambiente e com muitas horas de exposição em frente ao computador. Pessoas que utilizam lentes de contato devem ficar mais atentas ao problema, assim como as mulheres em situações de alteração hormonal. “Uma forma de evitar o problema é fazer uso de colírios lubrificantes de duas a três vezes por dia, sempre sob supervisão médica”, complementa a oftalmologista.

Dias nublados também requerem proteção adequada contra os raios UV

Ao contrário do que muitos imaginam, mesmo nos dias nublados, que são característicos do inverno, há uma alta incidência de radiação ultravioleta prejudicial aos olhos. Portanto, é importante não se descuidar da proteção. “Uma boa alternativa para quem usa óculos de grau é escolher lentes fotossensíveis, como as lentes Transitions, pois protegem contra os raios UVA/UVB e se adaptam às diferentes condições de luminosidade, proporcionando maior conforto visual”, aconselha a médica.

Dicas simples podem ajudar os olhos nos dias mais frios

“Evitar coçar e até mesmo levar as mãos aos olhos. Além disso, redobre a atenção e lave as mãos mais vezes ao dia, principalmente após frequentar lugares públicos. Estas são as medidas primordiais para se prevenir das principais doenças contagiosas da estação”, afirma a oftalmologista. Além disso, piscar mais vezes quando estiver em frente aos dispositivos eletrônicos e manter uma alimentação saudável, reforçando o consumo de cenoura, verduras, ovos e alimentos ricos em vitamina A e C, são outras boas dicas para quem quer manter os olhos livres de problemas nos dias frios.

Compartilhar
Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, social media, graduanda do curso de jornalismo na FiamFaam, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.